“Instituto Ubuntu” realiza oficina para discutir estatuto

O Instituto UBUNTU de Desenvolvimento Socioambiental promoveu, na noite
de ontem (05), uma oficina para discutir o seu estatuto social. O encontro
ocorreu na residência do sociólogo Fernando Gomes.
Na reunião anterior fora criado um Grupo de Trabalho (GT) composto por
Milton Nascimento, Geraldo Júnior, Roseane Galeno, Conceição Araújo e Fernando
Gomes. O GT teve a missão de elaborar a minuta do estatuto para apresentação à
Assembleia para discutir e aprovar o conjunto de regras de organização e
funcionamento do Instituto, fato ocorrido na citada oficina.
A apresentação da minuta foi feita pelo bacharel em direito Milton
Nascimento que expôs o conjunto de normas jurídicas, a serem acordadas
pelos sócios ou fundadores, regulamentando o funcionamento do Instituto
UBUNTU.
Em resumo à sua missão, o Instituto UBUNTU é uma instituição não governamental, sem
fins lucrativos ou econômicos e sem vínculos partidários ou religiosos que
trabalhará a concepção, gestão, coordenação, desenvolvimento ou patrocínio de
atividades que promovam a conservação e o uso responsável do patrimônio natural
e cultural brasileiro, a partir de fundamentos técnico-científicos, tendo como
princípios básicos a ética e o compromisso socioambiental.Fernando Gomes
destacou que: “Os trabalhos a serem desenvolvidos pelo Instituto UBUNTU
serão organizados em programas, os quais tratarão de assuntos de relevância na
temática socioambiental, tais como a causa animal, as desigualdades sociais com
foco em políticas inclusivas, os serviços ecossistêmicos, paisagem sustentável,
economia verde, sustentabilidade rural, comunicação para a conservação, entre
outros”.
Objetivando
angariar recursos para a realização de seus fins básicos, o Instituto UBUNTU
poderá prestar serviços técnicos e científicos, firmar convênios ou parcerias
com entidades públicas e privadas, nacionais ou estrangeiras, e exercer
quaisquer outras atividades coerentes com seu objetivo social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *