AQUELA SEDE DANADA DE EMPRÉSTIMOS

BASE ALIADA DO GOVERNADOR WELLINGTON DIAS (PT) APROVA AUTORIZAÇÃO PARA GOVERNO BUSCAR MAIS DINHEIRO EMPRESTADO, AGORA COM GRUPOS PRIVADOS

Deputado diz que não há porque o governo deixar de tomar dinheiro emprestado a grupos privados e defende o governador

O governo do Piauí ainda nem prestou conta da primeira parcela do empréstimo de R$ 600 milhões com a Caixa Econômica Federal, mas já conseguiu aprovar uma autorização para pegar mais dinheiro emprestado, desta vez com instituições privadas, inclusive aquelas não financeiras. A matéria aprovada nesta terça-feira (21) em duas comissões e no plenário da Assembleia, em regime de urgência, altera o texto da lei 6.977/2017, que autorizou o governo a contrair empréstimo com a Caixa Econômica Federal.
A alteração feita pelos deputados da base aliada a Wellington Dias (PT) permite do Estado fazer a nova modalidade de operação, já que a administração estadual alega estar sendo perseguida pelo governo federal com a não liberação da segunda parcela do empréstimo com a Caixa. Na prática, o governo do Piauí fez um remendo, usando a lei do empréstimo da Caixa que estava havia sido aprovada, mas estendendo a autorização aprovada nesta terça para outros empréstimos com grupos privados.
Com a ampla maioria no parlamento, o governador Wellington Dias (PT) viu a matéria ser aprovada com facilidade, apesar dos protestos da oposição. O deputado estadual Robert Rios (PDT) classificou como ilegal a mudança e disse que a lei que autorizou o empréstimo com a Caixa tinha finalidade específica e que ela “morreu” com a liberação do dinheiro. Na visão dele, o governo não podia mais acrescentar nada na lei. (Com informações de Gustavo Almeida)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *