“TEJE PRESO, TEJE SOLTO”: E SE A MODA PEGA?!!!

TEJE PRESO…
Mais uma para o livro “Só no Piauí”. Um preso  foi recusado pelo chefe do presídio de Oeiras, Sr. Esaú de Sousa Moura. Motivo: ele é cadeirante e foi preso como traficante de drogas. Alegou o chefe, que a cadeia não tem estrutura especial para esse tipo de presidiário.
…TEJE SOLTO
Devolvido para a cidade de origem, no caso Simplício Mendes, o Delegado Luciano Santana disse não ter condições sequer de alimenta-lo. Welton Alves Batista pode ter prisão domiciliar decretada. Ora, era tudo que ele queria para continuar tocando seu rentável e ilegal negócio.  (Pedro Alcântara)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *