HOTEL ESCOLHIDO POR TEMER NA SUÍÇA TEM DIÁRIAS DE R$ 2,9 MIL

PALÁCIO DO PLANALTO ESCOLHENDO O PARK HYATT, UM DOS PRINCIPAIS HOTÉIS DE ZURIQUE, PARA MONTAR A BASE DO GOVERNO
Acompanhado de uma ampla delegação, o presidente Michel Temer chegou à Suíça nesta terça-feira, 23, para participar do Fórum Econômico Mundial. O evento acontece em Davos, uma estação de esqui suíça, mas o Palácio do Planalto acabou escolhendo um dos principais hotéis de Zurique para montar a base do governo, durante os três dias que durarem a viagem. 
O hotel Hyatt Park – com diárias de US$ 900,00 (cerca de R$ 2,9 mil, na cotação do dia) – é o mesmo que é usado desde 2015 pela Fifa para hospedar seus cartolas em todas as reuniões da entidade. Até maio daquele ano, os dirigentes ficavam no hotel Baur au Lac. Mas, diante das prisões de José Maria Marin e outros sete dirigentes, a entidade optou por abandonar seu tradicional parceiro e mudar seu contrato para o Hyatt.
Nos alto-falantes do hotel, os gerentes não economizavam na bossa-nova para “homenagear” os visitantes brasileiros. Além de Temer, o hotel recebe o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, Moreira Franco, o CEO da Petrobras, Pedro Parente, o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho, e o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior.
Agenda
Temer chegou pouco antes das 15h do horário europeu em Zurique (12h horário de Brasília) e passa o dia na cidade suíça. Apenas na quarta-feira pela manhã é que ele toma o caminho de Davos, num trajeto de cerca de duas horas. Lá, permanecerá durante todo o dia e ainda será o convidado de honra de um jantar oferecido pelos organizadores do evento com alguns dos principais CEOs de multinacionais. (AE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *