27 municípios do Piauí contam com apenas um policial militar

Em uma época de violência urbana sem precedente, o Piauí vive uma situação inusitada. Enquanto 27 municípios dispõem de apena um policial militar para cuidar da segurança da população, um único órgão público, como a Assembleia Legislativa, chega a ter 150 policiais à sua disposição. Uma distribuição totalmente desproporcional, que inverte completamente  a ordem de prioridade na segurança pública, já tão fragilizada por sucessivos assaltos, arrombamentos e sequestros relâmpagos.
O fato foi denunciado pela Rede de Controle ao Tribunal de Contas do Estado, por meio de uma proposição para realização de audiência pública para debater  a questão.  No documento protocolado ao presidente do TCE, os signatários da Rede destacam  que os policiais, ao ingressarem na PM, o fazem “não para realizar serviços de guarda patrimonial em outros órgãos da Administração Pública, em flagrante desvio de finalidade e inequívoco prejuízo à população piauiense.” 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *