Campanha da Fraternidade 2018 é lançada e discute violência: “Pessoas estão cansadas”

A abertura 2018 da Campanha da Fraternidade aconteceu nesta quinta-feira (15/02) na Residência Episcopal, em Teresina. Com a missão de discutir e conscientizar, a edição 2018 tem como tema “Fraternidade e superação da violência”. Diante dos crimes que assustam o país, o padre Leopoldino Campelo, coordenador da campanha, destacou a importância de discutir sobre o assunto, pois o estado está em alerta.
“Queremos discutir e tornar público a grande violência que vivemos hoje em dia. E não só isso, mas a situação de bairros e famílias que são marginalizadas, que estão à mercê de crimes, da intolerância, da falta de amor. As pessoas estão cansadas de serem enganadas e de não saber se ao sair de casa, vão voltar após um dia de trabalho e ver seus parentes bem. Então, a desigualdade social gera violência e precisamos falar sobre isso, precisamos nos conscientizar”, afirma o padre
SOBRE A CAMPANHA
A Campanha da Fraternidade é realizada há mais de cinquenta anos e busca discutir assuntos sócio-políticos a partir da palavra de Deus. O evento é realizado por todas as igrejas do país junto à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) durante o período da Quaresma, no qual são realizadas três penitências: a esmola, a oração e o jejum. O lema deste ano é ‘Vós sois todos irmãos’ (Mt 23,8) com temática sobre a violência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *