Governo pede compreensão de professores mas categoria decide sobre greve na segunda

Assembleia do Sinte realizada dia 31/01/2018
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte-PI) irá se reunir em Assembleia Geral na próxima segunda-feira, dia 19 de fevereiro, às 8h no Clube do Sinte, para avaliar a proposta e deliberar sobre a greve geral por tempo indeterminado. A informação foi confirmada ao OitoMeia pela presidente do sindicato, professora Paulina Almeida. O motivo da reunião é a avaliação da proposta do governo para o reajuste salarial dos servidores.
“Nós estamos buscando uma proposta com o governo com relação ao reajuste salarial. Por enquanto, a proposta imposta por ele não está atendendo às nossas demandas. Na segunda-feira (19) iremos nos reunir com toda a categoria. Se a classe achar melhor iremos deflagrar greve por tempo indeterminado”, disse Paulina em entrevista ao OitoMeia.
De acordo com a professora, o governador Wellington Dias esteve reunido na manhã desta sexta-feira (09/02) com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SINTE-PI) para apresentar um posicionamento quanto aos ofícios enviados ainda em novembro de 2017.
“O governo coloca que não pode dar o reajuste salarial, que seria de 6,81%. Em vez disso ele oferece o reajuste percentual de 3,4% para os professores em forma de auxílio alimentação. E apenas a partir de maio colocaria como reajuste. Isso não contempla o que queremos, afeta principalmente os professores aposentados”, explicou.(por: Margella Furtado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *