Greve Geral ameaça parar o Estado

             Assembleia geral no Sinte-Pi optou por paralisação
Depois de um desconto nos contracheques dos servidores, pelo menos três categorias estão anunciando indicativo de greve. A segurança, Educação, Saúde e os servidores terceirizados, que ainda não receberam salário desde novembro, vão paralisar as atividades. Os indicativos de greve estão sendo encaminhados para o Palácio de Karnak, informando de uma paralisação de advertência e uma posterior greve.
Os descontos na Segurança, no contracheque dos delegados, foi de R$ 600,00 nos agentes; peritos e escrivães foi em média R$ 200,00.
Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpolpi), Constantino Júnior, foram cortadas as gratificações, inclusive dos policiais militares.
Essas gratificações dizem respeito a horas extras, adicionais noturnos, plantões e outras. A categoria já falou em entrar na justiça contra o Estado. Houve descontos também nos contracheques dos servidores da saúde. Mas não souberam informar os valores, porque são variados.
Na educação,a presidente, Paulina Almeida, disse que foram descontados R$ 40,00 dos contracheques de cerca de 28 mil professores e mais R$ 20,00 dos trabalhadores em educação.(Luciano Coelho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *