TRANSPARÊNCIA SEM INFORMAÇÕES

CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO DESABILITA ACESSO AOS DADOS DE 2017 E 2018 REFERENTES AO GOVERNO DO PIAUÍ DEVIDO A CRESCIMENTO EM ACESSOS
EM ALTA
A procura por informações no portal da transparência do Governo do Estado do Piauí aumentou bastante. Segundo a Controladoria-Geral do Estado do Piauí, saiu de uma média de 5 mil consultas/mês para 218 mil consultas/mês.
É BOM, MAS É RUIM
Tem mais gente fiscalizando, o que é um ótimo sinal dos novos tempos. Porém, a CGE, que é incumbida da gestão do portal e alegou esse salto de acessos como um dos motivos para ter desabilitado, momentaneamente, o acesso aos dados de 2017 e 2018. Aí fica ruim!
NÃO HÁ PRAZO
Ao Política Dinâmica, a CGE informou, ainda, que detectou falhas técnicas durante a migração do banco de dados do novo SIAFE para o Portal da Transparência. E apesar de todo o esforço, até o momento, não há prazo algum para o retorno do acesso.
COINCIDÊNCIA?
Quiseram os deuses do acaso que o cidadão e a imprensa ficassem sem acesso justamente aos gastos realizados pela gestão de Wellington Dias (PT) com recursos de empréstimos e dos quais ainda não prestou contas junto a Caixa Econômica Federal para liberar novas parcelas da operação de crédito.
ACASO?
Ao desabilitar o acesso aos dados de 2017 e 2018 por tempo indeterminado, a CGE também impede que seja possível acompanhar os gastos feitos pelo governo enquanto ele atrasava os salários de milhares de terceirizados e quais são as despesas priorizadas pelos quase 20 gestores que vão se afastar no próximo mês para disputar as eleições deste ano. (Marcos Melo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *