Vitória da bancada feminina

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu, na noite de ontem, que os partidos devem destinar 30% do Fundo Eleitoral para candidaturas de mulheres. O mesmo percentual deve ser observado na distribuição do tempo de propaganda de rádio e televisão. A decisão respondeu a consulta feita pela bancada feminina em documento assinado por 14 representantes de 6 partidos.

“É uma vitória significativa na nossa luta pela superação da desigualdade histórica que enfrentamos para a representação feminina nos espaços de poder”, afirmou a deputada Luciana Santos, presidente do PCdoB.

Deixe uma resposta