Idoso vítima de três AVCs sequenciais não consegue vaga na UTI do Heda

Familiares do idoso Francisco das Chagas da Silva Torres, que teve três Acidentes Vasculares Cerebrais (AVCs), clamam por uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda).

Mesmo tendo sofrido três AVCs sequenciais, o idoso primeiramente foi colocado no corredor do hospital e depois transferido para um leito comum. Ele não consegue respirar direito e está se alimentando por sonda. Angustiada, a família do senhor Francisco solicita medidas urgentes por parte dos poderes públicos e da direção do Heda, pois já era para ele estar na UTI. (Blog do Pessoa)

Deixe uma resposta