Evangelina Rosa é desinterditada, mas empresas cancelam fornecimento à Fundação Hospitalar:dívida de R$ 20 milhões

Como dissemos no dia dia temos uma notícia boa e outra ruim qual que vc quer primeiro do governo WD? Bem, a primeira não deixa de ser boa, o Conselho Regional de Medicina (CRM) e o Ministério Público do Piauí (MP-PI) retiraram a interdição da Maternidade Evangelina Rosa, que já durava um ano.

A ruim é que as empresas cancelaram o fornecimento à Fundação Hospitalar, que vão desde alimentação a insumos de saúde dos hospitais administrados pelo órgão, e o maior deles é o Hospital Getúlio Vargas (HGV), uma unidade de alta complexidade. E isso quer dizer que a partir de hoje os pacientes e profissionais do HGV podem até passar fome. Eita que o 4° mandato veio para acabar com o estado! (Silas Freire)

Deixe uma resposta