Opinião:”Gastar é fácil”

Por:Zózimo Tavares

Duas pautas vão dominar a agenda das reformas de 2020 em Brasília: o Pacto Federativo e a Reforma Tributária.

No fundo, Estados e municípios querem apenas mais recursos.

Para tanto, os governadores e prefeitos apoiam-se no slogan de campanha de Jair Bolsonaro: “Mais Brasil, menos Brasília”.

Ou seja, menos recursos na mão do governo federal e mais autonomia para os estados e municípios. 

Se o Brasil tivesse outra mentalidade política, todos estariam falando hoje era da correta aplicação dos recursos públicos existentes.

E também da racionalização no uso das verbas disponíveis, com serviços e obras públicas de melhor qualidade.

E ainda da redução de custos; da eliminação de privilégios, do desperdiço e do combate cerrado aos desvios de verbas.

Mas, não! Só se bate cabeça para sempre se arranjar um jeito de se arrecadar mais, sem a preocupação de se gastar menos e melhor.

Deixe uma resposta