Governo ganha reforço de Carlos Wizard, um dos empresários de maior sucesso do Brasil

CONSELHEIRO NO COMBATE AO CORONAVÍRUS – Depois de perder alguns nomes importantes em sua equipe, agora está oficialmente no governo Bolsonaro o empresário e bilionário brasileiro, Carlos Wizard. Ele recebeu do ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, o convite para atuar como conselheiro de assuntos estratégicos do Ministério da Saúde.

Wizard aceitou o convite para atuar como conselheirro do Ministério da Saúde, sem o recebimento de remuneração. O bilionário vai ter a missão de contribuir na busca de fornecedores confiáveis de respiradores e de matéria-prima para a produção de cloroquina e hidroxicloriquina, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, para abastecer a demanda nacional.

Wizard e o ministro Pazuello têm uma relação desde a Operação Acolhida, dedicada ao abrigamento de refugiados venezuelanos no Brasil. O empresário passou dois anos na fronteira com a Venezuela, em Roraima. Durante esse período, Wizard trabalhou com o general Pazuello, comandante da Operação Acolhida em Boa Vista, para promover a interiorização de milhares de refugiados.

HISTÓRIA DE SUCESSO – O empresário é conhecido por ser o fundador da Wizard, é um dos empresários de maior sucesso do Brasil.

De origem humilde, ele pegou o pouco dinheiro que tinha e agarrou as oportunidades que surgiram para simplesmente iniciar uma bela trajetória de sucesso.

Mais do que isso, o empreendedor criou uma metodologia de ensino tão diferenciada, que ela acabou abrindo portas para a fundação da escola de idiomas que viria a se tornar a maior do ramo no país.

Aos 17 anos foi estudar Ciência da Computação e Estatística na Brigham Young University, nos Estados Unidos, com apenas US$ 100 no bolso.

E, mais uma vez, com o apoio de uma missão religiosa, pôde conhecer outros países do mundo.

Na Europa, por exemplo, ele permaneceu por 2 anos.

Carlos Martins retornou ao Brasil aos 21 e passou a dar aulas particulares de inglês para complementar o salário que recebia.

Empreendedor, logo ele criou uma metodologia de ensino própria, que fez com que conquistasse diversos alunos até finalmente abrir a sua escola de idiomas: a Wizard.

Com o tempo o empresário a tornou uma franquia tão diferenciada e estratégica, que a empresa acabou atingindo o patamar de maior do ramo em todo o país.

Para aumentar o seu patrimônio, Carlos Martins ainda adquiriu mais oito redes, como a Yázigi e a Microlins, e criou o grupo Multi Educação para garantir uma ótima administração do negócio.

Graças ao seu sucesso, o grupo foi vendido em 2013 para o britânico Pearson por quase US$ 2 bilhões.

Em 2014 ele comprou a rede de produtos naturais Mundo Verde, a maior do segmento na América Latina, em 2016 trouxe para o Brasil a Taco Bell, de comida mexicana e, nesse mesmo ano, se tornou dono das marcas de calçados e vestuários Rainha e Topper.

Em 2017 Carlos Martins criou a empresa de cosméticos Aloha Oils junto com os seus filhos e retornou ao mercado de idiomas ao comprar 35% das ações da Wise Up.

Por fim, ele também investiu na Ronaldo Academy, em parceria com Ronaldo Fenômeno, uma rede de escolas especializada em formar jogadores de futebol.

Com uma fortuna estimada em R$ 2,1 bilhões, o empresário é também palestrante e autor de obras lançadas mundialmente, como “O Desejo de Vencer”, “Vencendo a Própria Crise”, “Do Zero ao Milhão” e “Desperte o Milionário que há em Você”. LEIA MAIS

(Código do Poder)

Deixe uma resposta