Ministério Público quer saber para onde foi os recursos enviados para a saúde de São João do Piauí

Por:Silas Freire

O Ministério Público do Piauí, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de São João do Piauí, ingressou ontem (21) com ação judicial para que o município de São João do Piauí, administrada pelo prefeito Gil Carlos (PT), crie uma aba específica em seu portal da transparência para informar os gastos realizados no combate ao novo coronavírus.

Após averiguações, a corte constatou que no espaço destinado para a prestação de contas, não havia nada, dessa forma, o promotor de Justiça Jorge Pessoa, autor da ação, solicitou que a decisão judicial determine que a aba seja alimentada diariamente e apresente de forma discriminada os valores orçamentários e a execução de despesas, a exemplo de contratos administrativos de prestação e fornecimento de bens e serviços, nota de empenho, liquidação e pagamento, descrição do bem e/ou serviço, o quantitativo, o valor unitário e total da aquisição, a data da compra e o nome do fornecedor, com CNPJ, ou seja, todas as formas de gastos públicos relacionadas especificamente ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Teresina insegura: Carros dos Correios são tomados de assalto todos os dias

Em uma semana é difícil apontar o dia em que não assaltaram os carros dos Correios , que entregam mercadorias. Ontem, foi no bairro Buenos Aires, na zona Norte de Teresina, onde os veículos foram abordados por criminosos que levaram as mercadorias.

Em momento de pandemia, há muitas compras feitas pela internet e isso faz com que os carros virem alvos dos bandidos, sem uma estratégia de policiamento ostensivo decidida pela segurança do Abreu. Essa modalidade criminal virou brincadeira na capital.

Deixe uma resposta