Queda de avião no Ceará: FAB inicia investigação

acidente aéreo no município deSão Benedito (CE) que deixou quatro piauienses mortos na noite de ontem começou a ser investigado pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA II), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA).

Em nota oficial, o Comando da Aeronáutica informou que teve início neste sábado (16) as primeiras ações para esclarecer o acidente. Investigadores estiveram no local para fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

A Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que a investigação tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram. A aeronáutica pontuou que não há prazo para a investigação ser concluída. Segundo a nota, os trabalhos dependem da complexidade do caso.

“A necessidade de descobrir todos os fatores contribuintes garante a liberdade de tempo para a investigação. A conclusão de qualquer investigação conduzida pelo CENIPA terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente”, informou. 

O acidente

O acidente aconteceu em uma mata na zona rural do município de São Benedito, no interior do Ceará. A aeronave bimotor PT-RMN, que pertence a Top Line Táxi Aéreo, trazia o médico Pedro José Ferreira de Menezes para o tratamento de Covid-19 em Teresina. Estavam à bordo ainda o piloto Paulo César Magalhães, o médico Carlos Victor Sousa Rodrigues e a enfermeira Samara Aline Félix. (Por: Otávio Neto)

Deixe uma resposta