Adalgisa M. Souza destaca que todos devem unir forças na proteção a crianças a adolescentes parnaibanos

Em ano de comemoração dos 30 anos de conquistas e avanços do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania de Parnaíba, Adalgisa Moraes Souza, destaca as melhorias realizadas na gestão e os esforços do Prefeito Francisco de Assis Moraes Souza, Mão Santa, para garantir medidas protetivas e mais qualidade de vida a quem tanto precisa da atenção do poder público. A gestora pede a união de esforços de todos os entes públicos e da população no combate a abusos, violências e explorações com crianças e adolescentes, e ressalta que os familiares têm um papel fundamental na proteção de meninos e meninas. 
“A Prefeitura de Parnaíba, através da SEDESC e de outras Secretarias Municipais, trabalha incansavelmente para que crianças e adolescentes tenham direitos respeitados e recebam das entidades governamentais a proteção integral, com acesso à educação, saúde, assistência social. Na SEDESC realizamos uma série de atividades e ações para esse público, mas por conta da pandemia foram parcialmente suspensas para evitar aglomeração e possibilidade de contágio de Covid-19. Destaco que as escolas do município estão sendo reformadas e com estruturas ampliadas para oferecer espaços mais adequados ao ensino-aprendizado dos estudantes”, informou.
Para a Secretária Adalgisa Moraes Souza, o ECA representa um importante avanço no que diz respeito à preservação e garantia de direitos dessa importante parcela da população, e ressalta que o Prefeito Mão Santa realizou muitas ações que beneficiaram e beneficiam crianças e adolescentes, a exemplo da ampliação da quantidade de vagas na rede municipal de ensino, que garantem mais oportunidades de educação e de um futuro promissor. 
Adalgisa Moraes Souza também enfatiza que a SEDESC promove diversas atividades nos CRAS, que contemplam crianças e adolescentes, como o Projeto ‘Brincando e Aprendendo’, contribuindo para o crescimento pessoal e social de meninos e meninas. Mas em virtude da pandemia, algumas atividades estão sendo promovidas de forma remota, em vídeos, com o auxílio de orientadores. “Também trabalhamos com o público juvenil e que o necessita de cuidados especiais. Desenvolvemos inúmeras atividades esportivas, de lazer e de integração social com a juventude. Temos projetos que englobam todos os públicos nos CRAS”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *