‘Coquetel’ chinês contra covid-19 inclui Cloroquina, Lopinavir, Ritonavir e Interferon

Brasileiros cumprem quarentena em Anápolis, e na China já são 811 mortosComissão Nacional de Saúde da China passou a recomendar o uso do medicamento defendido por Bolsonaro

A Comissão Nacional de Saúde da China, órgão responsável pelas diretrizes da saúde pública do país, atualizou a política de combate ao novo coronavírus e passou a recomendar, esta semana, o uso da cloroquina, remédio amplamente defendido pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro e contestado pelos opositores. O governo chinês também recomenda medicamentos como Lopinavir, Ritonavir e Interferon. A notícia foi praticamente ignorada pela imprensa brasileira. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Remdesivir, um remédio antiviral desenvolvido pela norte-americana Gilead Sciences, foi testado e rejeitado pelos chineses.

Estados Unidos, Europa e Hong Kong recomendam o uso de Remdesivir, mas a China não encontrou evidências positivas do remédio.

Os hormônios esteroides glicocorticoides foram mantidos na lista de medicamentos recomendados pela comissão de saúde chinesa.

Os chineses não mencionam o esteroide dexametasona, recomendado por estudo realizado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Deixe uma resposta