Produtores indignados com uso político do agronegócio pelos senadores do Piauí

Não convidem para a mesma mesa os produtores de soja da região de Bom Jesus e os senadores Marcelo Castro (MDB), Elmano Férrer (Podemos) e Ciro Nogueira (Progressistas). O motivo do desgosto está num quesito que os produtores da região têm batido na tecla há muito tempo: estradas.

Os produtores consideram que os senadores estão fazendo politicagem

A queixa é de que estão usando o sucesso de agronegócio do Piauí para se dar bem politicamente e junto ao Governo Federal já que a obra da BR-235 em quase nada beneficia o escoamento de grãos do cerrado. O que dizem os produtores de Bom Jesus é que a obra leva o nada a coisa nenhuma no que diz respeito ao nosso agronegócio.  Há até estudo mostrando que no raio de influência da obra não existem unidades nem fazendas produtoras de grãos e no entanto a divulgação tem sido de que o setor está sendo beneficiado.

A pressão também vem do agronegócio nacional, que tanto apoiou o presidente Jair Bolsonaro, e deve chegar em relação ao tema. A questão colocada pelos produtores é que o Governo Federal e o ministro Tarcísio Gomes podem até vir ao Piauí inaugurar obras, mas que os “caciques” não usem o agronegócio como bandeira, já que as obras não trazem benefício ao setor.

O novo anúncio de um aeroporto em Bom Jesus feito pelos senadores Ciro Nogueira, que esteve com produtores da região, Elmano Férrer e agora Marcelo Castro, causou estranheza. O motivo é a falta de estradas. Para alguns produtores de soja da região as prioridades estão invertidas.(Parlamento Piauí)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *