Bandidos são soltos, cometem novos crimes e são soltos novamente “pela pandemia”

Desde março, a Justiça de SP soltou um preso por hora a pretexto de pandemiaDos 322 bandidos presos outra vez em SP, 79 ganharam liberdade novamente, sob a mesma desculpa de pertencerem ao grupo de risco

Em São Paulo, foram novamente presos pelas autoridades policiais 322 dos 5.777 presos liberados pela Justiça a pretexto da pandemia de covid. Os 322 foram presos por crimes praticados após a liberação para cumprir prisão domiciliar provisoriamente. Dos 322 bandidos presos outra vez, 79 ganharam liberdade novamente, sob a mesma desculpa de pertencerem ao grupo de risco. A farra na liberação de bandidos, inclusive líderes de facções criminosas, ganhou proporção pandêmica naquele Estado. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Juízes aproveitaram a indicação do CNJ para “dar atenção” ao problema dos presos do grupo de risco para promoverem a liberação em massa.

Juízes que soltaram não mandaram recolher bandidos perigosos, mesmo após o presidente do CNJ, ministro Luiz Fux, impor limites à liberação.

Nivaldo Restivo, Secretário de Administração Penitenciária, revelou que o índice de contaminação 

Deixe uma resposta