Idosos e profissionais de saúde devem ser priorizados em vacina contra covid-19

Em reunião com representantes do Fiocruz, Instituto Butantã e secretários de Estado, o Ministério da Saúde propôs que a  campanha de vacinação da COVID-19, deverá, inicialmente, ter um público alvo específico que inclui idosos a partir de 80 anos, pessoas com comorbidades e profissionais da área de saúde. 

Ainda durante o encontro, o Instituto Butantã, um dos órgãos de pesquisa fabricantes de vacina no Brasil, mostrou se disposto a produzir 210 milhões de doses da vacina em 2021. O Ministério também comunicou que está modificando o seu sistema de informação do Programa Nacional de Imunização, que a partir de agora  o cadastro de todas as vacinas será feito pelo CPF do cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *