Prefeito e primeira dama são presos em flagrante por crime eleitoral

O prefeito de Agricolândia-PI, Walter Alencar, e sua esposa, Kelly Alencar, que é candidata à prefeita na cidade de Lagoinha do Piauí, foram presos nesta quinta-feira (8), durante cumprimento de mandados da Operação Ibi Clausus, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

Segundo o Gaeco, o casal foi preso pela prática de crime eleitoral, após os policiais encontrarem uma lista com nome de eleitores com anotações de vantagens indevidas, bem como uma série de bens que seriam distribuídos em troca de voto.

A prisão ocorreu durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão na casa do prefeito, na cidade de Lagoinha. Além de Walter Alencar, o prefeito Raislan Farias, de Passagem Franca, também é um dos alvos da ação, que investiga crimes de corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e fraude à licitação, envolvendo contratos de empresas com o município de Passagem Franca, no período compreendido entre os anos de 2013 a 2020. 

A ação ocorreu simultaneamente em Passagem Franca, Teresina, Agricolândia, Barro Duro, São Pedro do Piauí, Demerval Lobão e Lagoinha do Piauí.(Laurivânia Fernandes)

Deixe uma resposta