Eleições 2020: Piauí terá Centro Integrado de Comando e Controle

A partir desta quinta-feira (12), as eleições 2020 vão contar com um Centro Integrado de Comando e Controle Estadual, para promover a integração, coordenação, comunicação, comando e controle do processo eleitoral, onde será instalado no Ministério de Justiça e Segurança Pública.

O Centro Integrado de Comando e Controle Estadual funcionará no QCG – Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Piauí terá o apoio ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), conectados ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, instalado no Ministério de Justiça e Segurança Pública.

A Polícia Militar vai disponibilizar 5.267 policiais nos 224 municípios. Em Teresina haverá também o apoio da Guarda Civil Municipal empregada em diversos locais de votação. O Piauí tem 3.499 locais de votação, em 82 zonas eleitorais. Cada zona eleitoral contará com Delegado de Polícia Civil, agentes e escrivães.

O Secretário de Segurança Pública do Estado, Coronel Rubens Pereira diz que todos os órgãos estarão integrados atuando para esse controle durante as eleições, inclusive o controle estatístico de ocorrência, dentre eles o Exército brasileiro foi convidado e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“A finalidade é mantermos o controle, além da atividade normal de policiamento ostensivo, que já é a nossa obrigação, temos agora nesse período extraordinário, a fiscalização das eleições e também a proteção nos locais de votação. Nesse período de pandemia estamos seguindo com as recomendações da vigilância sanitária, tanto para as tropas em serviço quanto para a população, para que não haja problemas de saúde.”, afirma Coronel Rubens Pereira.

Segundo o comandante, a operação das Eleições 2020, passou por diversas fases, desde as ações do preparatório com diagnóstico de fatores de risco no Estado, como a fase de planejamento com a elaboração do Plano Estadual a partir do Plano Nacional, e a execução no dia 15 de novembro, 1º turno.(

O Secretário de Segurança Pública do Estado, Coronel Rubens Pereira diz que todos os órgãos estarão integrados atuando para esse controle durante as eleições, inclusive o controle estatístico de ocorrência, dentre eles o Exército brasileiro foi convidado e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). (Viviane Rocha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *