Em dois livros, a História destaca papel de Sarney na redemocratização

Em dois livros, a História destaca papel de Sarney na redemocratizaçãoObras examinam com profundidade e riqueza de detalhes a trajetória que se confunde com a História recente da política brasileira

Dois livros precipitaram o encontro do ex-presidente José Sarney com a História.

“José Sarney 60 anos de política”, do brasilianista americano Ronald M. Schneider (ed. Krauss) e “Democracia – Sarney e o desafio da transição”, do historiador José Augusto Ribeiro (ed. Martins Fontes), examinam com profundidade e riqueza de detalhes a trajetória do político, que se confunde com a História recente da política brasileira. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ronald Schneider considera a redemocratização no Brasil a mais exitosa no continente. Estudou meticulosamente o percurso político de Sarney.

José Augusto Ribeiro mostra como Sarney superou o desastre econômico do governo Figueiredo e afastou a ameaça do autoritarismo.

O Serviço Nacional de Informações (SNI) teve a ousadia de monitorar Sarney, mesmo ele presidente, como mostram mais de 10 mil “informes”.

Deixe uma resposta