Integrante de quadrilha de assalto a banco é preso com R$ 117 mil em notas manchadas

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), com apoio operacional da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), efetuou a prisão em flagrante delito de um homem de iniciais I. S. D. S. E. E. pelos crimes de recepção doloso e lavagem de dinheiro.

A ação foi realizada nesta segunda-feira, 11 de janeiro. A ação policial se deu na tarde de hoje no bairro São João onde se apreendeu cerca de R$ 117 mil reais em células manchadas de tinta provenientes de roubo de caixa eletrônico. Foi cumprido mandado de busca na residência do investigado onde se apreendeu o dinheiro e alguns eletrônicos.

“Nós já estávamos investigando e conseguimos a informação de que esse suspeito estava com uma grande quantidade de dinheiro que seria de proveniente de estouro de caixas eletrônico. Localizamos a residência dele e após uma autorização judicial cumprimos o mandado de busca culminando no flagrante”, disse o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco. . 

Ainda de acordo com o delegado, foi necessário que os policiais arrombassem a porta, já que o suspeito não quis abri-la.

“Tivemos que arrombar a porta quando chegamos porque ele não queria facilitar a entrada dos nossos policiais.”, contou Tales.

A polícia já sabe que ele faz parte de um grupo criminoso responsável por assaltos a bancos e explosões de caixas eletrônicos no Piauí. O investigado, que responde a processos por roubo, furto, associação criminosa,  receptação e adulteração de veiculo, será encaminhado à audiência de custódia que será realizada nesta terça-feira (12/01).

(Ellyo Teixeira)

 

Deixe uma resposta