W. Dias confirma que Carnaval pode ser adiado em todo o PI e pontua que não tomará medidas irresponsáveis

O governador Wellington Dias afirmou nesta quinta-feira (07/01) que não poderá adotar medidas “irresponsáveis” e que possam colocar a vida da população em risco. A declaração do governador foi dada ao comentar a proposta do secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira Júnior, para que as festividades do Carnaval no Piauí sejam adiadas para junho.

“A minha visão é que não podemos ter qualquer medida irresponsável de colocar em risco as pessoas. Sei que foram duras as medidas que adotei agora no Natal, Ano Novo. Isso muitas vezes desagrada. Será a mesma coisas agora nesse período de férias, no período de Carnaval, vamos manter os mesmos protocolos. O objetivo é salvar vidas”, declarou o governador ao relembrar as medidas de restrições impostas durante a virada do ano: festas com mais de 100 pessoas foram proibidas. 

Wellington Dias pontuou que as medidas de distanciamento social e obrigatoriedade do uso de máscara devem permanecer no Piauí até a conclusão do processo de imunização. Segundo o gestor, existe um possibilidade real de que a vacinação possa começar até o fim do mês de janeiro. O governador relembrou que a pandemia no Brasil vive novamente um momento delicado, uma vez que além da Covid-19, mutações do vírus já foram registradas em território nacional.

“Ele é de elevada infeção, atinge crianças e adolescente que o outro era brando. Então, corremos um sério risco. Há necessidade de trabalharmos rapidamente. [Termos] vacinação e enquanto isso termos também a responsabilidade: máscara, distanciamento, evitar aglomerações. Elas vão permanecer no Piauí e espero que para o Brasil”, disse. (Com informações de Paula Sampaio)

Deixe uma resposta