Fábio Abreu não volta para a Segurança, diz governador Wellington Dias

O deputado federal Fábio Abreu não deve retornar para a Secretaria de Segurança, como estava previsto para este mês de fevereiro, conforme anúncios do próprio governo, no final do ano passado. Abreu se licenciou em agosto para concorrer à prefeitura da capital.

Fábio Abreu estava pensando em voltar para Secretaria 

Em seu lugar tomou posse o coronel PM Rubens Pereira, que já vinha funcionando como uma espécie de reserva de Abreu na pasta. Toda vez que o deputado se licenciava para votar alguma matéria de interesse do governo petista na Câmara, ele assumia e logo em seguida devolvia a cadeira.

Agora, de acordo com o governador Wellington Dias o secretário deve permanecer até o final do governo. O anúncio foi feito durante encontro com a bancada federal. Ele disse que vai precisar do máximo empenho de deputados federais e senadores na alocação de recursos para obras no Piauí. O estado carece de recursos, conforme o governador, porque sofreu muita baixa financeira em face da pandemia.

Fábio Abreu declarou que tinha a expectativa de retornar ao cargo de secretário. No entanto, isso estava dependendo de um entendimento com o chefe do Executivo estadual. Esse entendimento terminou não acontecendo porque, segundo ele, Dias teve de se licenciar para uma cirurgia de olhos. No retorno do governador, o diálogo ainda não foi agendado.

Portanto, a decisão de Wellington Dias em manter Fábio Abreu fora da Secretaria de Segurança pegou o parlamentar de surpresa. Ele disse que mesmo assim continuará trabalhando pelo setor. Abreu tem se reunido com autoridades do interior numa extensa agenda de campanha antecipada para reeleição. A exoneração definitiva de Fábio Abreu já havia sido noticiada por alguns setores da imprensa ainda no ano passado, logo depois das eleições. (Toni Rodrigues)

Deixe uma resposta