A angústia de quem passou em concurso público e não foi convocado

POR: Bernardo Silva

ANTIGAMENTE

Antigamente era uma felicidade o jovem passar em um concurso público. Do Banco do Brasil ou Caixa, então, era a glória. Garantia de que o futuro estava assegurado. Bom salário, status, enfim, valia à pena as noites mal dormidas durante a preparação para os exames. Depois de aprovado, era partir para o churrasco das comemorações e aguardar o chamado, que vinha, dentro dos prazos estipulados no edital.

HOJE

Hoje é complicado: anunciam o concurso, a pessoa se prepara, gasta em cursos preparatórios; paga uma taxa “salgada” para se inscrever e fazer as provas. E quando passa, alguns até comemoram ainda, mas, logo vem a demora na convocação. Termina o prazo de validade do concurso e o aprovado fica a ver navios. Decepcionado, triste, angustiado. “Perdeu playboy”! Perdeu o dinheiro gasto no cursinho e o do churrasco, fora outras despesas…

DEMAGOGIA

Tem prefeito por aí que anuncia a realização de concurso apenas para fazer média com a população. Para dizer que está cumprindo promessa de campanha ou que está dando oportunidade para os jovens entrarem no emprego público. Mas ficam enrolando os aprovados a vida. E o prazo de validade do certame se esvai; às vezes é prorrogado, e haja embromação… Isso é maldade. Coisa de pessoas mal intencionadas.

O QUE É QUE HÁ?

Em Parnaíba a Secretaria Municipal de Saúde realizou concurso público, através do edital 001/2018, lançado em 18 de dezembro de 2018, abrindo vagas para Agentes Administrativos, Auxiliares de Farmácia, Dentistas, Maqueiros e Vigias. “Quando o edital saiu e realizamos nossa inscrição foi com a esperança de entrar na administração pública pela porta da frente. E hoje nosso sentimento de certa forma é de tristeza porque o prazo do concurso está quase se expirando”, falou Igor Véras, um dos aprovados, que foi na Câmara Municipal no início do mês pedir “socorro” aos vereadores.

Igor Silva Veras, representante dos concursados da saúde, pediu ajuda aos vereadores

“Falo em nome de 56 profissionais que aguardam a convocação do concurso e faço novamente o apelo aos senhores vereadores nos ajudem a resolver. Só queremos exercer nossa função que alçamos com muito esforço e muito estudo”- finalizou Igor.

POR QUÊ???

O que falta? O que atrapalha? Por que foi feito o concurso então, se não era para convocar os concursados??? E por que tantas desculpas para ficarem postergando o chamamento dos aprovados?

Deixe uma resposta