Com os maiores números de casos e óbitos por COVID 19, Parnaíba fica de fora do consórcio para a compra de vacinas

A prefeitura de Luís Correia aderiu ao consórcio público de municípios da Frente Nacional de Prefeitos, para adquirir com recursos próprios as doses da vacina contra a COVID 19.

O Projeto de Lei do poder executivo enviado para a câmara dos vereadores foi aprovado, e permite que Luís Correia possa garantir com a compra das vacinas o cronograma de imunização.

No litoral do estado apenas Luís Correia e Ilha Grande aderiram ao consórcio. Parnaíba que registra o maior número de casos e óbitos por causa da doença, depois da capital Teresina, não aderiu.

Nossa reportagem procurou a prefeitura para saber se há interesse do município em participar desse consórcio, a resposta do secretário de governo do prefeito Mão Santa (DEM), foi negativa.

Com a adesão dos municípios ao consórcio, as prefeituras poderão manter a vacinação da população em dia, caso o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde não atenda à demanda.(Blog do Tiago Mendes)

Deixe uma resposta