Sesapi explica dinâmica da distribuição de vacinas aos municípios

O estado do Piauí já vacinou, até esta terça-feira (30), um total de 274.644 pessoas contra a Covid-19, segundo dados do Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapí). Foram imunizados com a primeira dose 225.491 e a segunda dose 49.153 piauienses.

Para possibilitar esta vacinação, a Sesapi segue um organograma estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização, onde o papel das secretarias estaduais é realizar a distribuição dos imunizantes para as regionais de saúde, que fazem a entrega às Secretarias Municipais de Saúde, responsáveis pela vacinação dos grupos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

“Todas as doses recebidas pela Sesapi, entregues pelo governo federal, são estimadas pelo Ministério da Saúde de acordo com a população de cada cidade, elas foram distribuídas seguindo o cronograma de cada remessa”, explica o superintendente de Atenção à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães.

Devido a algumas incompatibilidades de doses enviadas com a quantidade da população de cada grupo, a Secretaria de Estado da Saúde enviou aos municípios, há duas semanas, um ofício solicitando que aquelas cidades que não possuem doses suficientes para completar seus públicos prioritários, façam uma lista com CPF, cartão do SUS, nome completo e endereço, possibilitando assim que a Sesapi consiga fazer a complementação dessas doses.

“Essa lista deve ser assinada pelo Conselho Municipal de Saúde, de cada cidade, e enviada à Sesapi, para que possamos solicitar ao ministério este complemento, uma vez que as doses destinadas não estão contemplando os grupos prioritários”, pontua o superintendente.(Fonte: Com informações da Ascom)

Deixe uma resposta