Aeroporto de Parnaíba na mira dos investidores: Mais perto da Europa

O Aeroporto Internacional de Parnaíba Dr. João Silva Filho possui um grande potencial. Apesar de ter recebido, durante o ano de 2020, apenas 8 mil passageiros (1% da capacidade), podendo receber até 800 mil pessoas por ano, a ausência de uma malha aeronática significativa é um impasse para o desenvolvimento econômico da região. Recentemente o Aeroporto de Teresina passou por um processo de leilão milionário, sendo arrematado por R$ 754 milhões, o que abre espaço para a gestão privada das pistas de pouso espalhadas pelo Piauí.

Aeroporto de Parnaíba. Crédito: Infraero.

Aeroporto Internacional Dr. João Silva Filho

O Aeroporto de Parnaíba já está na mira dos investidores. Acontece na semana que vem uma audiência pública em Teresina e em Parnaíba para discutir o tema, que é colocar o espaço a disposição de uma parceria público-privada (PPP). Dia 12 de abril será o evento em Teresina, às 9h no Auditório do Piauí Conectado. Já no dia 13, no mesmo horário, no Auditório do Sebrae, haverá a mesma audiência no município que sedia o aeroporto.

Para isso, está à frente do processo Viviane Moura, superintendente de Parceria e Concessões do Estado do Piauí (Suparc-PI). “É um projeto super importante para o Piauí. É o aeroporto mais próximo da Europa! É estratégico para a Rota das Emoções, que é um roteiro bem conhecido. Temos uma estrutura muito boa que precisa ter melhorias. A ideia é trazer mais turistas e melhore a base de produção local”, considera.

O Aeroporto em pleno fucnonamento vai gerar emprego, renda e oportunidades. “Isso para toda a região, que abrange Parnaíba, Luís Correia, Ilha Grande. É um avanço muito importante para nosso Estado”, acrescenta.

Viviane Moura. Crédito: Divulgação/Suparc-PI.Viviane Moura. Crédito: Divulgação/Suparc-PI.

O Aeroporto Internacional de Parnaíba Dr. João Silva Filho fica localizado às margens da BR-343, em um ponto estratégico para vários segmentos do Estado, como o Turismo. A região recebe, todos os anos, mais de 8 milhões de turistas. Com o Aeroporto isso deve ser maximizado por não haver mais necessidade de chegar por Teresina. O Piauí caminha para um processo que acontece na Bahia: quem vai para o Sul do Estado não precisa se deslocar para Salvador, indo direto para Porto Seguro.(Blog do Lucrécio)

Deixe uma resposta