As 7 leis que os vereadores de Parnaíba não precisam copiar

Já fizemos, mais de uma vez, a lista das leis mais idiotas de Teresina. Essa lista precisa ser divulgada constantemente porque os vereadores mudam – e, por isso, mantemos apenas as leis dos vereadores com mandato. Na lista tem algumas novidades e outras leis antigas que não perdem a denominação de lei idiota.
1 – Institui o Dia Municipal da Gratidão e o dia do Perdão (Pollyanna Rocha e Neto do Angelim): essas são duas leis que, de tão idiotas, consideramos como apenas uma. O Dia da Gratidão já se tornou a campeã como lei mais idiota da história de Teresina.
2 – Institui o Dia do Obreiro da Universal (Pastor Levino): não existe nada mais ridículo do datas comemorativas. São inúteis e não mudam a realidade em nada. Instituir uma data para homenagear a própria religião é idiota em dobro.
3 – Obriga os cinemas a falarem sobre o turismo na capital (Luiz Lobão): vereadores adoram incomodar empresas privadas e seus clientes. Quem assiste cinema em Teresina já está em Teresina, seja como morador ou alguém fazendo turismo. A lei é irrelevante e seria apenas um incômodo para os clientes de cinemas.
4 – Obriga os cinemas a passarem vídeos antidrogas (Dudu): outra lei para atrapalhar a vida de quem gosta de cinema. Mais uma lei que não faria nenhuma diferença em dependentes químicos e ainda gastaria muito dinheiro da sociedade para a criação desses vídeos.
5 – Moção Contra a Tentativa de Privatizar os Correios (Neto do Angelim): os vereadores de Teresina já não cuidam da própria cidade, mas querem “cuidar” do que não é de suas responsabilidade. É o caso de Neto do Angelim que tenta impedir a privatização dos Correios, uma empresa federal.
6 – Inclui jornalistas como grupo prioritário na vacinação contra COVID (Vinício Ferreira): não são apenas os jornalistas que bajulam os políticos, mas o contrário também acontece: políticos que defendem jornalistas em busca de apoio da classe. Dá certo – e grupos mais importantes ficaram de fora da lista de prioridades.
7 – Institui a “Semana da Árvore” em Teresina (Dudu): o vereador Dudu é o rei das leis idiotas – ele vence todos em quantidade e qualidade. A Semana da Árvore é somente uma das centenas de produções idiotas de Dudu. (Fonte: O Piauiense)

Deixe uma resposta