Deputada Margarete Coelho é aposentada da ALepi e o marido é pensionista

Mesmo após dezenas de denúncias, as imoralidades na Assembleia Legislativa não param de surpreender. A ex-vice governadora e atual deputada federal, Margarete Coelho, é APOSENTADA da Assembleia Legislativa. Na folha de pagamento da casa, ela recebe R$ 38 mil de dinheiro público – como deputada, seu salário é a bagatela de R$ 33 mil.
Mas, para não passar ficar só nisso, já que Margarete é uma mulher muito importante, o seu marido também recebe pela ALEPI. Como PENSIONISTA, o ex-deputado estadual Marcelo do Egito Coelho ganha R$ 15.192,97.
Isso mesmo: sustentamos o casal Coelho em R$ 53 mil/mensais, apenas na Assembleia Legislativa, de dinheiro público com os estranhos benefícios de aposentada e pensionista. Por ano, o Piauí paga mais de R$ 600 mil para ambos.
Vale lembrar que a irmã de Margarete, Nailer Castro, já foi denunciada por ter acumulado, irregularmente, dois cargos: um como comissionada no Governo do Estado e outro como Secretária Municipal em São Raimundo Nonato. Após a denúncia ter sido exposta, ela foi exonerada do Palácio de Karnak.
Margarete é um dos nomes cotados para ser candidata ao Governo do Estado pelo Progressistas – seu amigo, Ciro Nogueira, cogita tanto o seu próprio nome como o nome da ex-vice governadora, já que Margarete é vista como uma mulher com trânsito e com bom relacionamento com vários políticos e partidos. (Fonte: O Piauiense)
EM TEMPO
“O Piauiense está abrindo uma das caixas pretas mais obscuras do Piauí: os pagamentos feitos pela Assembleia Legislativa.
Não pensem, no entanto, que eles não irão retaliar. Estamos lidando com políticos perigosos, que estão há décadas no poder e não pretendem sair facilmente. Políticos criminosos que há anos vivem apenas da corrupção como meio de vida.
Também estamos lutando contra o jornalismo que é sustentado com dinheiro público enquanto pessoas morrem assassinadas porque não há Segurança Pública, outras morrem nas portas dos hospitais sem leitos ou crianças que não têm colégios de qualidade para estudarem. Estão tirando dinheiro da sociedade para sustentar meios de comunicação”.

Deixe uma resposta