Escritores e artistas vão pedir a Arlindo Leão uma melhor destinação para a Praça dos Poetas

Construída e inaugurada durante a administração do prefeito Paulo Eudes Carneiro por volta de 2002, a Praça dos Poetas, na região do centro histórico de Parnaíba, está descaracterizada de sua finalidade, suja, depredada e seus equipamentos de decoração danificados.

Praça dos poetas

No seu redor foi tomada por uma quantidade de barracas onde se vende de tudo. Relógios, roupas, frutas e verduras, CDs e DVDs piratas, ferramentas, bijuterias e tantas outras mercadorias. A parte central, o maciço, ficou sem qualquer finalidade até hoje.

Nessa semana um grupo de artistas, escritores e de outras categorias ligadas à cultura iniciou um movimento nas redes sociais e deve dentro de mais alguns dias entregar ao secretário de Cultura Arlindo Leão, um pedido para que aquele espaço no centro da praça original tenha uma melhor utilidade.

O grupo vai pedir que a praça dos Poetas seja transformada num espaço cultural multiuso, onde os artesãos possam uma vez na semana, às sextas-feiras durante toda a manhã, expor e vender seus produtos, os escritores lancem  e vendam seus livros e os proprietários de sebos tenham uma maior visibilidade de estudantes, pesquisadores,  professores e turistas.

Sem prejudicar os atuais vendedores ali instalados, se conseguido, o espaço vai se destinar para quem deseje vender pequenas coleções, objetos de arte e decoração, plantas ornamentais, quadros, estatuetas, enfim, tudo que caracterize mercado de arte

Deixe uma resposta