Falta de reservatório de oxigênio atrasa funcionamento do Hospital N. S. de Fátima

Até o final desta semana o Hospital de Campanha Nossa Senhora de Fátima, em Parnaíba, poderá voltar a funcionar como anexo 2 do Hospital Dirceu Arcoverde, recebendo pacientes de Covid-19. A informação é do secretário de saúde do Estado, Florentino Neto. O hospital, que funcionou a contento no ano passado, quando da primeira fase da pandemia, foi desativado pela Prefeitura, tão logo os casos foram diminuindo, ficando sem condições de internar pacientes com o novo coronavírus.

Com esta nova cepa, diante do crescimento no número de pessoas acometidas pela doença, o governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, visando ampliar o número de leitos de UTIs para Covid-19, propôs parceria com o município e agora providencia os últimos detalhes de equipamentos que estavam faltando para disponibilizar os novos leitos no município.

“O Hospital não possuía reservatório de oxigênio. Nós lutamos e conseguimos um tanque que está sendo montado hoje, terça-feira (6). Vão ser feitos os testes, o resfriamento do tanque e acreditamos que até o final de semana o Hospital volte a funcionar plenamente, como Hospital para pacientes de Covid”, explicou o secretário Florentino.

Deixe uma resposta