Lucro da Vale em 3 meses é quase dez vezes seus gastos com a tragédia de Brumadinho

Equipe de Israel enviada a Brumadinho atuou em mais de 20 desastres pelo mundoLucro líquido de R$30,1 bilhões mostra que saíram barato para a Vale as tragédias que provocou

Enquanto cria dificuldades para indenizar suas vítimas até pagar multas ambientais, e provoca nova apreensão com ameaça de rompimento da barragem Norte Laranjeiras, em São Gonçalo do Rio Abaixo (MG), a Vale vai registrando lucros siderais.

Cravou agora lucro líquido de R$30,1 bilhões no primeiro trimestre deste ano, 2.220% maior que o lucro do primeiro trimestre de 2020.

Isso equivale a quase dez vezes o custo das indenizações das vítimas, inclusive fatais, do rompimento da barragem de Brumadinho. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Além do lucro espetacular nos primeiros três meses de 2021, a Vale registrou receita operacional líquida de US$12,6 bilhões (R$69 bilhões).

Os lucros mostram que saiu barato para a Vale o custo dos desastres de Mariana e Brumadinho e a morte do rio Doce, de 800km de extensão.

Estão na conta da Vale a tragédia de Mariana, 19 mortes, 270 mortes em Brumadinho. Quase 2 mil dias depois, ninguém foi julgado, nem preso

Deixe uma resposta