Mão Santa e vereador Carlson garantem: Embrapa não vai fechar! SÉRIO???

Este Blog do B. Silva reproduziu ontem (27) uma matéria do portal politicapiauí, da colega jornalista Tereza Val, com o título “Mão Santa confirma fechamento da Embrapa em Parnaíba”, que produziu vários questionamentos, inclusive um desmentido dos poderes Executivo e Legislativo do Município. E para ficar bem claro aos que não interpretam o que leem: a matéria não era do Blog do B. Silva.

No desmentido publicado em blogs e redes sociais foi afirmado queo Presidente (do Poder Legislativo) Carlson Pessoa disse que entrou em contato com o Prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza, Mão Santa, que reafirmou que (ao contrário do que disse a matéria) a Ministra da Agricultura, Teresa Cristina Correa, garantiu que a Embrapa ficará em Parnaíba, e que em breve ela estará na cidade pela terceira vez, para reforçar a intenção do Governo do Presidente Jair Bolsonaro em investir para o desenvolvimento da fruticultura nos Tabuleiros Litorâneos e na pecuária na região. Toda e qualquer informação que a Embrapa de Parnaíba fechará é mentirosa e tem como único objetivo enganar os leitores”.

Chefe do Poder Executivo, Mão Santa e do Legislativo, vereador Carlson  Pessoa

Menos mal que assim seja, mas a resposta deveria ser dada à jornalista Tereza Val e seu Portal, em Teresina. Além do mais, difícil é acreditar nessas afirmações de autoridades, quando já se viu tanta mentira dita com ares de comunicado oficial. Se a Embrapa vai sair ou não, não se sabe ao certo. Mas que está esvaziada e vai se esvaziando mais e mais, isto é fato. 

Vereadores, por exemplo, já foram a Teresina, certa vez, em comitiva, pedir que o governador Wellington Dias trouxesse de volta a Academia de Polícia para Parnaíba. Voltaram com a promessa de que o governador iria atendê-los. Até hoje, nada; o prefeito Mão Santa vive dizendo que Bolsonaro vai transformar os Tabuleiros Litorâneos numa nova Petrolina (Pernambuco) e até agora, dos 156 milhões prometidos, não chegaram 20 milhões, segundo declaração dos irrigantes. Desde 2018, na gestão do Michel Temer, que vivemos de promessas da conclusão da segunda etapa dos Tabuleiros. E os problemas que os irrigantes enfrentam há anos, continuam quase os mesmos. Portanto, menos conversa e mais ação. TENHO DITO!

Deixe uma resposta