Pará responde por quase metade de todo o desmatamento na Amazônia em 2020

Câmara aprova texto base de MP que flexibiliza o Código FlorestalForam quase 5,2 mil quilômetros quadrados, o equivalemte a 47% dos 11,1 mil registrados pelo INPE

O Pará, do governador Hélder Barbalho (MDB), registrou quase 5,2 mil quilômetros quadrados em área desmatada, 47% de todo desmatamento (11,1 mil km2) na Amazônia Legal, em 2020. A taxa de desmatamento no Pará quase dobrou em dois anos, que coincidiu com a eleição de Barbalho: foram desmatados 2,7 mil quilômetros quadrados em 2018 e 5,2 mil, em 2020. Os dados são do Prodes, o Monitoramento do Desmatamento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite do Inpe. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O Mato Grosso, que historicamente rivaliza com o Pará, teve 1,7 mil quilômetros quadrados desmatados em 2020, menos da metade.

Tanto Mato Grosso, quanto Amazonas, Rondônia e Acre mantiveram a taxa de desmatamento entre 2019 e 2020.

No Pará, a taxa de área desmatada disparou mais de 52% entre 2018 e 2019 e mais 25% entre 2019 e 2020.

Sem o crescimento do desmatamento no Pará, o resultado para a Amazônia seria melhor em 2020 do que foi em 2018.

 

Deixe uma resposta