Senador consegue assinaturas para CPI da Covid que inclui governadores

O senador Eduardo Girão (Podemos) conseguiu, nesta segunda-feira (12), o número necessário de assinaturas para protocolar o pedido de criação de uma CPI que inclui a investigação contra estados e municípios na pandemia da covid-19.

Ciro e Elmano Férrer

 Os senadores Ciro e Elmano assinaram a CPI

Inicialmente, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu abertura de CPI da Covid para apurar irregularidades na gestão do Governo Federal na pandemia. Na quinta-feira (8), o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), instaurasse a CPI para investigar ações do Governo Federal na pandemia.

No entanto, outros parlamentares pediram a inclusão de governadores e prefeitos na investigação. A nova CPI conseguiu 33 assinaturas, sendo que o mínimo eram 27, segundo o site O Antagonista.

Ao Antagonista, Girão afirmou: “Com essa CPI, o Senado atende à determinação do Supremo, mas faz uma investigação mais abrangente. Ou seja: atende ao Supremo e não se apequena, recebendo uma interferência direta da corte”. Entre os 33 senadores estão os piauienses Ciro Nogueira e Elmano Férrer, ambos do Progressistas.(Gp1)

Deixe uma resposta