Bacharel em Direito acusada de atropelar e matar duas mulheres na BR 343 em Parnaíba

A bacharel em Direito, Mariane Costa Silva, 27 anos, natural de Parnaíba, residente em Luís Correia-PI, foi presa pela guarnição de serviço da Ciptur coordenada pelo capitão Viana, acusada de envolvimento em acidente de trânsito do tipo atropelamento ocorrido por volta das 17hs de terça-feira(18), no KM 04, trecho da BR 343, estrada que liga Parnaíba ao município de Luís Correia, na altura do hotel Arrey beach, no litoral do Piauí.

O veículo, modelo Renault Duster, placas de Teresina, atropelou duas transeuntes no acostamento da rodovia, sendo que uma das vítimas, identificada como Nilza Maria Vieira Aguiar, 50 anos, natural de Tutóia-MA, morreu no local do acidente, enquanto a outra vítima, de nome Maria Simone do Nascimento, foi a óbito ao dá entrada no pronto socorro do hospital. 

Após o atropelamento, a acusada foi presa em seu apartamento na cidade de Luís Correia. O carro foi apreendido e o caso encaminhado à central de flagrantes de Parnaíba. 

O delegado Christian Castro Mascarenhas, autuou Mariane Costa Silva com base no Art. 302 do CTB, homicídio culposo. 

Nesta manhã de quarta-feira(19), foi enviada para exame de corpo de delito. 

Deixe uma resposta