Em forte crise econômica, prefeito de Cajueiro da Praia doa salário e compra cestas

Com quase oito mil habitantes, a cidade de Cajueiro da Praia, litoral do Piauí, vem enfrentando uma forte crise econômica e social por conta do avanço nos números de casos de covid-19.  

Os últimos dados revelam, que o município tem, atualmente, 2.230 casos notificados, com 25 óbitos. Por conta do decreto municipal, a cidade está com suas entradas fechadas, não tem como entrar ou sair do município.

Cestas básicas doadas pelo prefeito e secretários

O decreto fecha totalmente o município e impõe uma série de restrições, dentre elas o fechamento de todo o comércio. Medidas rígidas que visam combater a disseminação do vírus na cidade.

Com todo o comércio fechado, inclusive, bares, restaurantes, agências de turismo, hotéis e pousadas, muitos trabalhadores estão sem condições de manter suas famílias. Diante da grave situação e sem receber incentivos, o prefeito municipal Felipe Ribeiro, juntamente com alguns de seus secretários, doaram seus salários para compras de cestas básicas, que já estão sendo distribuídas, atendendo as famílias neste momento de Lokdown.

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Verônica Ribeiro já foram entregues mais de 500 cestas básicas, principalmente, para os trabalhadores que atuam diretamente com o setor de turismo, além de outras categorias, incluindo o setor de construção civil. “Nossa preocupação é identificar quem está enfrentando dificuldades. Pais que estão sem trabalhar e que tem filhos matriculados na Rede Municipal de Ensino. Além das cestas, também estão sendo entregues para os alunos, os kits de alimentação escolar”, explica.

Não só as famílias que residem na sede do município de Cajueiro da Praia estão sendo atendidas com as cestas básicas, mas todos que moram na região que abrange o município, incluindo as zonas urbana e rural.

Para ter acesso à cesta básica, o município disponibilizou um número de telefone (86) 98189-9807. Porém, caso algumas pessoas não tenham acesso ao telefone, podem ir, sem aglomeração, até a sede do CRAS e realizar o cadastro. “O cadastro é bem simples, basta comprovar endereço e documentos pessoais. As entregas estão sendo feitas nas residências”, acrescenta Verônica.

Deixe uma resposta