Mão Santa veta projeto do vereador David Soares: não beneficiaria população mais carente no “Piscinão”

Na manhã desta sexta-feira (14/05), o Prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza, Mão Santa, assinou o veto ao projeto de lei que dava isenção do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) aos moradores do entorno do local conhecido como “piscinão”, no bairro Piauí, que tramitou na Câmara Municipal.

O veto se deu porque aproximadamente 80% dos proprietários de imóveis da referida região já gozam de isenção do IPTU com base no critério de baixa renda. Os outros 20% são relativos a casas e terrenos com valor mais alto, ou seja, cujos donos possuem condição de pagamento do imposto por possuírem renda superior.

Mão Santa destaca que cumpriu a promessa feita na campanha de 2016 e determinou a redução das alíquotas do IPTU em toda cidade. Pontuou também que é por meio da arrecadação de impostos, bastante comprometida em período de pandemia, que a prefeitura tem tido condições de realizar obras e melhorias refletidas em todos os segmentos que competem ao município, algo que é de conhecimento da população parnaibana. (Com informações da SupCom)

 

Deixe uma resposta