MP recomenda barreiras sanitárias contra contágio da variante indiana no PI

O Ministério Público do Piauí, por meio da 12ª Promotoria de Justiça de Teresina expediu, na segunda-feira (24), recomendação ao estado do Piauí, para que por intermédio do secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, adote as providências necessárias para evitar a incidência da variante indiana do novo coronavírus no Piauí, após a confirmação de casos no estado do Maranhão. O documento é assinado pelo promotor de Justiça Eny Marcos Vieira Pontes, responsável pela 12ª PJ.

Foto: Divulgação/Sesapi

O representante do MPPI orienta ao estado do Piauí a adoção imediata de estratégias de saúde pública específicas, como a realização de barreiras sanitárias nos limites territoriais e nos terminais de passageiros das rodoviarias e aeroportos do estado; a realização de testagem de antígeno para tentar evitar a disseminação da variante indiana do novo coronavírus; a feitura de busca ativa quanto aos possíveis casos de contaminação dessa variante. O promotor de Justiça solicita ainda que as autoridades estaduais encaminhe à 12ª Promotoria de Justiça todos comprovantes que demonstrem o acatamento da recomendação.

Os gestores têm o prazo de cinco dias, a contar do recebimento das orientações, para apresentar resposta acerca do acolhimento da recomendação. O promotor de Justiça adverte que a tomada de conhecimento da recomendação é elemento de prova para o ajuizamento de ações cíveis ou criminais.

Deixe uma resposta