‘Nos deixou uma lição de força’, diz Wellington Dias sobre Covas

O governador Wellington Dias lamentou a morte do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, ocorrida neste domingo (16), vítima de câncer.

“Uma perda muito dolorosa para São Paulo e para o Brasil. Bruno Covas, além de sua trajetória política e seu legado para a população, nos deixou uma lição de força, fé e muita determinação. Não fraquejou, acreditou até o último momento, trabalhou por sua cidade até quando seu corpo permitiu. Partiu muito jovem. Que Deus possa confortar o coração de sua família, amigos e apoiadores.”, disse o governador do Piauí, nas redes sociais. 

Covas foi diagnosticado com um câncer na cárdia, uma área entre o estômago e o esôfago, em outubro de 2019. Desde então, ele passou a fazer tratamento oncológico periódico, com momentos de recuperação, porém em abril deste ano ele teve piora no quadro. Bruno Covas, morreu neste domingo (16/5), no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista. Ele tinha 41 anos.

O prefeito deixa um filho, Tomás Covas Lopes, de 15 anos. O comando da maior cidade do país será assumido pelo vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB). (Marina Sousa)

Deixe uma resposta