Ocupação de leitos de UTI no interior do Piauí é de quase 100%

sistema de saúde do Piauí, que estava sem vagas e com fila de espera de pacientes com Covid-19 por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), deu uma respirada nas últimas semanas. No entanto, a situação ainda preocupa.

Ocupação de leitos no Piauí ultrapassa os 90% (Foto: Divulgação/CCOM)

Ocupação de leitos no Piauí ultrapassa os 90% 

No interior do estado, por exemplo, 99,2% dos leitos de UTI estão ocupados, ou seja, das 200 vagas, apenas uma está livre, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite deste sábado (29). 

Em Teresina, a situação está mais confortável, mas ainda requer atenção. Na capital, 88,2% dos leitos de UTI estão ocupados, ou seja, das 279 vagas, apenas 33 estão livres para atender a população de toda a cidade e ainda do interior do estado.

O Piauí registrou até o sábado (29), 1. 039 casos confirmados e 15 mortes por Covid-19. Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 1.034 ocupados, sendo 643 leitos clínicos, 363 UTIs e 28 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 17.191 até o dia 29 de maio de 2021.

Em todo o Piauí, dos 399 leitos de UTI, apenas 34 estão livres, sendo 17 na rede pública e 17 na rede privada. Em termos percentuais, a ocupação chega a 91,5% no estado.

A Sesapi avalia que 265.327 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

O Governo do Estado, nos últimos decretos, flexibilizou as medidas restritivas em todo o Piauí, no entanto, ainda é importante que a população continue com os cuidados necessários para evitar a disseminação do novo coronavírus. O isolamento/distanciamento social, o uso de máscaras e álcool em gel continuam sendo importantes para combater a Covid-19.(Pollyana Carvalho)

Deixe uma resposta