PF prende sete pessoas acusadas de fazer saques com documentos falsos em Teresina

A Polícia Federal realizou na quinta-feira (13) duas prisões em flagrante por saques com utilização de documentos falsos na agência bancária da CEF da Areolino de Abreu, totalizando sete conduzidos.

De acordo a Polícia Federal, a prisão decorreu de denúncia do gerente da Agência, que verificou que os sacadores não eram os verdadeiros beneficiários e estavam se utilizando de identidades falsificadas.

A Polícia Federal confirmou que  foram apreendidos cerca de R$ 6 mil em espécie, além de diversos documentos falsos.

Conforme a Polícia Federal, os presos foram indiciados pelos crimes do art. 171 (parágrafo 3º), art. 288 e art. 304 do Código Penal Brasileiro. As penas podem chegar a mais de 10 anos de prisão.

Fonte: Polícia Federal

Deixe uma resposta