Piauí terá o primeiro parque híbrido de energia solar e eólica do Brasil

A joint venture VTRM, formada pela Votorantim Energia e CPP Investments, vai investir R$ 189,98 milhões no primeiro parque híbrido de energia solar e eólica do Brasil. Aprovado na última terça-feira (18) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) , o projeto piloto terá capacidade inicial para gerar 68,7 MW (85,2 MWp) e será instalada em um terreno ao lado do já existente parque Ventos do Piauí I, localizado na região da Serra do Inácio, no município de Curral Novo do Piauí. 

Piauí abrigará o primeiro empreendimento do rtipo no país (Foto: SAPO)

Piauí abrigará o primeiro empreendimento do rtipo no país (Foto: SAPO)

A nova usina buscará combinar a complementaridade entre as fontes para geração de energia para melhor aproveitamento energético.

De acordo com as informações divulgadas à imprensa, a operação do parque híbrido está prevista para o início de 2023. Ao todo, o empreendimento terá uma capacidade instalada total de 274,6 MW destinada ao mercado livre.

“Desde 2017, investimos em estudos relacionados a projetos híbridos para avaliar a viabilidade e as vantagens da combinação das fontes solar e eólica, contribuindo com os avanços da regulação para uma iniciativa como esta”, diz Fabio Zanfelice, presidente da Votorantim Energia.

OUTROS EMPREENDIMENTOS – Vale sintetizar que o Complexo Eólico Ventos do Piauí, foi o primeiro empreendimento da Votorantim Energia na área de produção de energia eólica. Com investimentos de R$1,1 bilhão, o Complexo é composto por 7 (sete) parques eólicos e formado por 98 aerogeradores. (Por; Francy Teixeira)

Deixe uma resposta