Policiais penais defendem interdição da Penitenciária Mista de Parnaíba

Depois da tentativa de fuga de 29 detentos da Penitenciária Mista de Parnaíba, na última segunda-feira(24), o Sindicato dos Policiais Penais do Piauí defendeu a interdição da unidade prisional para não agravar a situação.

Segundo Vilobaldo Carvalho, vice-presidente do sindicato, a situação é sobrecarga de trabalho pela qual passam os policiais penais, além de ter uma estrutura inadequada.

“O presídio hoje tem mais de 6oo detentos quando era para ser pouco mais de 100. Realidade comum no país. A superlotação é ruim para o profissional, para o preso e também ruim para a sociedade. Então os policiais penais tem reclamado para o sindicato, clamando por ações e nós estamos buscando as autoridades”, informou.

Vilobaldo Carvalho

ENTENDA O CASO

Na última segunda-feira(14), 29 presos tentaram fugir por um buraco no teto de alvenaria da Penitenciária Mista de Parnaíba. Os detentos fizeram o buraco no forro, conseguiram passar pelo buraco mas não fugiram. A Secretaria de Justiça do Piauí confirmou a tentativa de fuga que foi abortada. (Fernanda Gil Lustosa/Portalaz)

 

Deixe uma resposta