Prefeitura de Cajueiro da Praia vai fechar acessos ao município por 10 dias

A Prefeitura de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí, anunciou na manhã desta segunda (17) que vai fechar os acessos ao município durante um período de 10 dias como forma de conter o avanço de casos da Covid-19. A ação terá início na próxima sexta-feira, dia 21, e também atinge a praia de Barra Grande, uma das mais badaladas do litoral piauiense.

De acordo com o prefeito, Felipe Ribeiro (Republicanos), a decisão foi tomada após reunião do Centro de Operações Emergenciais. A ideia é controlar o fluxo de pessoas circulando no município, que já registra 471 casos e 18 mortes por covid-19.

“Iremos montar barreiras 24 horas, na entrada de Cajueiro e na entrada de Barra Grande, dois locais onde o vírus está espalhado, para tentar controlar a entrada e saída de pessoas e assim tentar diminuir esses dados de tanta gente contaminada com esse vírus”,  explicou o prefeito. 

Ainda de acordo com o gestor, um decreto deve ser publicado nos próximos dias para regulamentar o fechamento das entradas do município, bem como outras medidas restritivas que deverão ser adotadas. 

As ações de fiscalização também devem ser reforçadas nos estabelecimentos comerciais, de hotelaria e restaurantes, que estarão autorizados a funcionar, mas de forma restrita. 

 “Iremos estabelecer uma maior fiscalização da Vigilância Sanitária nesses estabelecimentos, para poder controlar esse fluxo de pessoas circulando em nosso município”, destacou. 

No início do mês de maio, a sede da Prefeitura Municipal de Cajueiro da Praia foi fechada após um surto de coronavírus entre os servidores. O prefeito Felipe Ribeiro, a primeira-dama Clara Ribeiro, secretários municipais, chefe de gabinete e professores lotados na sede foram infectados. 

Em março, a prefeitura de Cajueiro da Praia também restringiu a entrada de pessoas na cidade para barrar o avanço da Covid-19.Na ocasião, apenas pessoas com domícilio na cidade foram autorizadas a ter acesso. (Natanael Souza)

 

Deixe uma resposta