Brasil aplicou 44,5 milhões de doses desde que CPI da Pandemia foi criada

DF recebe as primeiras doses da vacina Pfizer e as mantém em ultracongelador a -75°CEnquanto a CPI briga por holofotes, o Brasil aplicou uma média de 768 mil doses por dia desde 13 de fevereiro

A CPI da Pandemia foi criada no dia 13 de abril e a busca por holofotes talvez tenha impedido os senadores de observarem que ao longo dos seus 58 dias de funcionamento, com muita lacração e bate-bocas, a vacinação contra covid-19 avançou.

Com isso, nos últimos 58 dias, o Brasil aplicou mais de 44,5 milhões de doses nos braços dos brasileiros, o que equivale a uma média de 768 mil vacinas aplicadas a cada dia. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Nesta quarta também foi importante pela marca de 76 milhões de doses aplicadas desde o início da campanha de vacinação contra a covid.

Atualmente, o governo já disponibilizou mais de 105 milhões de doses e essa diferença de 30 milhões de doses garante a 2ª aplicação.

Nesse período, o Brasil só ficou atrás de três países no número de doses de vacina aplicadas na população: Índia, EUA e China.

É como se o Brasil tivesse vacinado, nesses 58 dias, quase toda a população da Argentina com uma dose. Ou todo Chile com duas doses.

Deixe uma resposta